4 dicas de contabilidade para clínicas odontológicas

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

A contabilidade de uma empresa é responsável por administrar recursos e utilizá-los de modo com que o crescimento do negócio aconteça.

Uma gestão competente é o principal fator para o sucesso de um negócio, seja ele grande ou pequeno.

Inclusive, toda organização de renome, bem como clínicas odontológicas, têm em comum processos contábeis bem estruturados e eficientes.

Além de profissionais capacitados e aptos a executar os processos definidos, a contabilidade e toda a gestão de uma clínica precisa utilizar as ferramentas e metodologias necessárias para desenvolver um bom trabalho.

Quer saber quais são as melhores dicas de contabilidade para a sua clínica odontológica? Continue a leitura deste conteúdo e confira as melhores dicas!

1 – Tenha um planejamento

Como o próprio nome sugere, é com um bom plano que tudo começa e indo além, ele é o grande responsável por fazer tudo dar certo.

Sendo assim, atente-se ao faturamento estimado que sua clínica terá, quantidade de sócios e repartição dos lucros e principalmente qual regime tributário será utilizado no negócio.

Pois existem alguns modelos no momento de abrir a clínica: sociedade limitada, em caso de um ou mais sócios, empresário individual e até mesmo uma eireli.

Sobre faturamento, estude seu mercado e faça estimativas do quanto irá faturar e principalmente qual será o gasto para a sobrevivência da empresa.

Por exemplo, o dentista convênio pode até atender mais pacientes, porém sua margem de lucro é menor e isso deve ser considerado no cálculo juntamente de suas demais atenuantes.

2 – Atente-se ao regime tributário

Aqui você vai precisar de um profissional de ciências contábeis para te auxiliar e garantir que sua clínica esteja dentro de todos os conformes.

Portanto, basicamente existem 3 possibilidades de regime tributário para um negócio: Lucro Presumido, Simples Nacional e o Lucro Real.

Vale dizer que eles são diferentes em questões tributárias e cada um deles possui alíquotas específicas relativas ao recolhimento de impostos e demais taxas obrigatórias.

Agora vem o “X” da questão: por que essa parte burocrática é importante?

Com um contador capacitado, a clínica paga os tributos obrigatórios corretamente e evita gastos básicos excessivos ou inferiores à legislação, o que culminaria em crime por sonegação de impostos.

Resumindo, a escolha do regime tributário é crucial para a saúde da sua clínica.

3 – Revise contas frequentemente

Quais são os custos fixos e variáveis, qual a margem de lucro por procedimento? Essas são apenas algumas das perguntas que os gestores devem ter na ponta da língua.

Ou seja, acompanhe com frequência questões que envolvam as contas da clínica e como elas podem ser minimizadas, reaproveitadas ou mesmo reinvestidas.

Um exemplo simples: qual a margem de lucro de um convênio dentário e quais são as maneiras de otimizá-las?

Além disso, faça o seguinte:

  • Acompanhe o fluxo de caixa;
  • Reduza gastos fixos;
  • Evite imprevistos (custos variáveis);
  • Reduza gastos de operação (se possível).

4 – Use a tecnologia para gerir

Os processos que podem ser otimizados devem ser feitos!

Dessa forma, os softwares de gestão estão cada vez mais em alta dentro de negócios dos mais variados segmentos justamente por serem impulsionadores de resultados.

Logo, através de uma plataforma de gestão a clínica tem todos os dados integrados, pode monitorá-los e tomar as decisões mais assertivas.

Estoque, agenda, informações de pacientes, gastos, faturamento, atendimentos via convênio dental, dentre outro dados estão inseridos na plataforma.

Assim, além de evitar gastos e erros, a tecnologia facilita também a tomada de decisão. Ou seja: ela entrega informações e mostra o precisa ser feito.

Conclusão

A melhor maneira de fazer um negócio ter sucesso é por meio da administração efetiva e eficiente de suas contas. Afinal, dinheiro é um dos principais termômetros de prosperidade no mundo dos negócios.

Por mais que uma empresa tenha suas missões, valores e visão que estão além da parte financeira, é o dinheiro o grande responsável por permitir que todos os objetivos sejam alcançados.

Então, o primeiro passo para assegurar o sucesso de qualquer clínica odontológica é a segurança financeira, pois mantendo as portas abertas torna-se possível fazer a diferença na vida das pessoas.

Por fim, planeje, cuide de questões tributárias, acompanhe as contas com frequência e use a tecnologia. Essas são as formas mais simples e eficientes para administrar sua clínica. 

Este conteúdo foi produzido por Ideal Odonto, uma empresa de plano odontológico pessoa física

Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.

    rotinas básicas

    Rotinas básicas da contabilidade

    Com as grandes demandas dos escritórios de contabilidade, e uma quantidade enorme de processos e obrigações que devem ser entregues, é importante ter uma maior