5 dicas de como ajudar seus clientes em tempo de crise

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Se você é contador, provavelmente tenha se perguntado em meio a crise: como ajudar meus clientes em tempo de crise?

Estamos vivenciando um ano totalmente atípico, onde se estabeleceu uma crise econômica mundial em função de uma pandemia. De repente, quase como um grande susto, tudo precisa ser reestruturado, pessoas e empresas precisam buscar alternativas para se reinventarem.

E é nesse momento que a criatividade  precisa atuar. Transformar os desafios em oportunidades de renovação é fundamental.  Pensando nisso reunimos 5 dicas de como ajudar seus clientes em tempos de crise e pandemia.

Diante desse cenário, assim como as pessoas buscam na ciência e na medicina recursos para aumentar a imunidade, evitar a doença e fortalecer a saúde física e emocional, as Empresas precisam muito da orientação do que podemos chamar o médico das organizações, ou seja, o contador.

E é nesse momento que o contador pode ajudar seus clientes em tempo de crise, pode ser o parceiro  fundamental para cruzar esse momento, pois ele é capaz de diagnosticar problemas e sugerir soluções, com base na gestão financeira e econômica, trabalhista , levando em conta as obrigações acessórias.

Nesse artigo vamos elencar 5 dicas práticas de como essa ajuda pode acontecer e beneficiar os dois lados.

5 dicas de como ajudar o cliente em tempo de crise:

 Seguem 5 maneiras de como o contador pode auxiliar seu cliente a enfrentar a crise e sair mais fortalecido e dessa forma evitar a quebra da empresa, o aumento do desemprego e da crise econômica.

 

  1. Se aproximando

Esse é o momento de ficar mais próximo ao cliente. Infelizmente os impactos nos negócios além de desestruturar as finanças também abalam o emocional dos empresários. Em muitos casos, por medo e insegurança, não conseguem analisar a situação com a frieza e racionalidade e tomar decisões mais assertivas. Inclusive o próprio cliente pode se sentir desencorajado em procurar o contato com seu contador, talvez até porque esteja inadimplente com ele e é exatamente nesse momento que mais precisa de sua parceria. Portanto, busque seu cliente, se aproxime, se coloque disponível para ajudar.

 

  1. Fazendo um mapeamento da situação

Junto com o cliente, estude toda a situação do  momento. Levante todos os dados necessários, tais como, o tipo de trabalho que a empresa desenvolve, se fornece produtos ou serviços, quais os compromissos financeiros, quais as obrigações tributárias, sua folha de pagamento, seu fluxo de caixa, seus custos, enfim, faça um mapeamento de tudo como está e como deverá ficar pra se manter.

 

  1. Oferecendo uma consultoria e/ou uma assessoria

 Consultoria e assessoria pode parecer a mesma coisa, mas não é. O consultor auxilia a traçar estratégias, encontrar caminhos, orienta dentro do que o cliente necessita. Ele traz um conhecimento que serve para nortear processos. Já o assessor é aquele que estará ao lado, colocando em prática o que o consultor orientou, com uma monitoria mais direta. Portanto, ser o consultor e o talvez até um  assessor num momento de crise pode salvar uma empresa e com ela muitos empregos.

Sabemos que esse não é o papel de um contador especificamente. Mas é justamente num momento de crise que os paradigmas são quebrados, que novas realidades e novas práticas surgem inclusive um contador expandir sua área de atuação para além da prestação dos serviços contábeis e dessa forma se tornar um parceiro fundamental para seus clientes. Isso lhe atribuirá um grande diferencial como profissional e será fator determinante para fidelizar a clientela.

 

  1. Encontrando soluções para as finanças

 Outra forma valiosa para o contador poder ajudar seus clientes em tempo de crise é auxiliar a buscar soluções financeiras. Uma vez que  a parte sensível de todo negócio é o financeiro,  o coração que faz o organismo continuar tendo vida. Geralmente surgem financiamentos, incentivos fiscais, medidas provisórias para adiamento ou perdão de dívidas, enfim, muitas soluções surgem e cada caso exige avaliação do que vale ou não a pena, levando em conta prazos, juros e demais consequências. Normalmente o contador é mais bem informado por ser um profissional que atende diversos segmentos de empresas. Como exemplo podemos citar  nesse momento de pandemia os diversos Bancos Públicos e Privados abriram linhas de crédito para atender micro, pequenas, médias e grandes empresas. O contador pode, junto com seu cliente, avaliar se ele precisa de um financiamento desses e no caso, qual seria a melhor opção, de forma racional e viável. Outra forma de auxiliar na gestão financeira é encontrar onde se pode cortar custos e despesas, afinal, sempre é possível trabalhar de forma mais enxuta e um bom exemplo disso é a migração de um banco físico para um banco digital, que oferece serviços com muito menos custos.

 

  1. Recomendando material informativo

Quer ir mais além e se tornar mais que um prestador de serviços, um consultor e um assessor? Se torne um parceiro interessado antes de tudo na saúde empresarial de seu cliente bem como seu crescimento pós-crise,  oferecendo e recomendando a ele todo o material intelectual que encontrar que tenha afinidade com seu negócio e possa lhe servir de orientação. Pode ser livros físicos, e books, vídeos , aplicativos,   cursos, treinamentos , planilhas, enfim, um leque de material que pode ser usado para a educação do cliente e de sua equipe de trabalhadores como também para a reestruturação de seu negócio através de ações novas.

Avalie essas 5 dicas e veja se você tem sido parceiro de seus clientes. Lembre-se, nessa relação o crescimento de ambos está em jogo pois um precisa do outro para prosseguir.

Deixe seu comentário sobre o que achou do nosso artigo e sugira temas que gostaria de ver por aqui.

Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.

    tipos de notas fiscais

    Tipos de notas fiscais do Brasil

    Toda empresa,que preste serviços ou realize venda de mercadorias, deve emitir nota fiscal desses serviços ou produtos vendidos. E para emitir essa comprovação, existem vários