Você é morador de Brasília e tem o sonho de abrir uma empresa na cidade? Saiba que a capital federal está num momento propício para o empreendimento. A Junta Comercial, Industrial e Serviços do Distrito Federal registrou, em janeiro deste ano, a abertura de 1.132 novas empresas.

O registro do primeiro mês deste ano é 64% maior do que o índice de 2018 e 58% superior aos dados de 2019. Além da onda de crescimento empresarial, Brasília vive um momento de estabilidade corporativa, já que menos empresas fecharam as portas em janeiro de 2020 do que em 2018 e 2019. 

Resumindo: a cidade está fervilhando de oportunidades, e a economia local está propícia para quem está querendo tirar do papel o sonho de ter seu próprio negócio. E para ajudar você a concretizar a abertura da sua empresa, separamos cinco procedimentos essenciais para abrir uma empresa em Brasília. Confira!

Por que escolher Brasília?

Rapidamente, vamos falar sobre as características que fazem de Brasília uma ótima oportunidade para abrir seu negócio. 

A capital federal tem uma população de aproximadamente 2,6 milhões de pessoas, o que a coloca como a terceira cidade mais populosa do país. Só esse dado aponta que existe um grande público para o seu empreendimento.

Além de contar com grande população, Brasília é um centro econômico muito importante. O município concentra os principais órgãos governamentais, a sede do poder executivo, legislativo e judiciário e conta com uma grande rede empresarial e comercial. 

Atualmente, a cidade é a terceira mais rica do país, e o PIB per capita é o maior entre as capitais brasileiras e o quarto maior em toda a América Latina. Por fim, vale destacar que a renda das famílias brasilienses é três vezes superior à média de renda do Brasil. 

Resumindo: a cidade é rica, tem grande movimentação financeira e as pessoas têm um poder aquisitivo maior, e tudo isso estimula o consumo!

Como abrir uma empresa em Brasília?

O primeiro passo essencial é executar o planejamento. Sem um exercício para planejar seu negócio, seu plano já começa com problemas.

Definir seu modelo de negócios, entender quem é seu público-alvo e encontrar os principais concorrentes é o primeiro passo para abrir uma empresa em Brasília, já que a cidade tem uma forte presença do comércio e da prestação de serviços. 

Ou seja, para não enfrentar dificuldades, o procedimento mais importante é estar preparado para encarar os desafios de empreender em uma cidade rica e cheia de opções. 

Escolhendo o tipo de atividade

Antes de abrir empresa em Brasília, vai ser preciso identificar qual será o segmento de atividades do seu empreendimento. Aqui, você tem que escolher entre três opções:

  1. Prestação de serviços (trabalho realizado a título de mão de obra, seja intelectual ou física);
  2. Industrial (ou seja transformação de matéria-prima em materiais comercializáveis);
  3. Comércio atacadista (destinado para lojas, empreendimentos que focam no consumidor final).

Seleção da Natureza Jurídica do empreendimento

Feita a escolha da atividade, chega o momento de decidir a natureza jurídica da empresa. Aqui no blog da Facilite nossa equipe já fez alguns conteúdos exclusivos sobre algumas delas, e vale a pena se informar melhor para fazer essa escolha. 

A natureza jurídica diz respeito ao regimento fiscal. Veja os principais modelos:

  1. Empresário Individual (EI);
  2. Microempreendedor individual (MEI);
  3. Sociedade Limitada (Ltda);
  4. Sociedade Simples (SS);
  5. Sociedade Anônima (SA);
  6. Empresa Individual de Responsabilidade Limitada (EIRELI)

Cada uma delas possui regras distintas, e é indispensável conhecer cada uma delas antes de selecionar o formato ideal para o seu empreendimento. Cada uma delas tem restrições e regras de adequação, e escolher o modelo errado vai gerar grandes problemas para o seu empreendimento. 

Escolha do regime tributário

A Natureza Jurídica da empresa se complementa com a escolha do regime tributário. O empreendedor deve escolher entre os seguintes modelos:

  1. Microempreendedor Individual;
  2. Simples Nacional;
  3. Lucro Presumido;
  4. Lucro Real.

Assim como a Natureza Jurídica, tenha muita atenção para escolher o regime tributário adequado ao empreendimento. Erros de seleção podem gerar multas pesadas e sanções às atividades.

Procedimentos necessários para fazer a abertura

Agora, é hora do passo a passo para abrir empresa em Brasília. Feito todos os procedimentos burocráticos, chega o momento de partir para os procedimentos que exigem interação com os órgãos responsáveis.

Primeiro, é necessário ir até a Junta Comercial de Brasília e solicitar a viabilidade de abertura da empresa. Em seguida, é preciso aguardar o “OK” da Junta Comercial sobre a viabilidade.

Os documentos necessários para sociedades são:

  1. cópia do comprovante de residência, CPF e RG de cada sócio;
  2. Cópia da folha espelho da declaração do Imposto de Renda.

Para a abertura da empresa em sim, o essencial é:

  1. Apresentar 2 cópias simples do IPTU do imóvel;
  2. 2 cópias do contrato de aluguel ou compra e venda do imóvel.

Feito o primeiro passo, será necessário solicitar o Documento Básico de Entrada (DBE ou Protocolo de Transmissão) e aguardar a aprovação. Depois, é preciso integralizar o DBE no documento de viabilidades.

Agora, é hora de pagar as taxas de abertura da empresa e iniciar o processo digital. Assine os documentos com certificado digital do seu CPF e protocole os documentos.

Pronto, neste momento sua empresa, CNPJ e Contrato Social estarão disponíveis na forma digital. 

Não se esqueça que Brasília possui um sistema de análise de viabilidade

Ele serve para determinar se uma empresa pode ou não abrir suas portas em um determinado local. Isso acontece porque a capital é uma cidade planejada e setorizada, sendo assim, vai ser impossível abrir uma indústria no setor Hoteleiro, por exemplo.

E as notas fiscais?

Primeiro, será necessário fazer inscrição estadual na secretaria da fazenda. Em seguida, é preciso emitir o certificado digital da empresa. Em Brasília há mais um procedimento a fazer, que é o cadastro na Rede Simples. Clique neste link e conheça todos os detalhes sobre o sistema. 

Alvarás de Funcionamento

Com a abertura feita e CNPJ emitido, será necessário solicitar alvarás de funcionamento. Empresas com atividade de baixo risco estão dispensadas dos alvarás, contudo, se a atividade do seu empreendimento é considerada de risco, vai ser preciso solicitar os alvarás.

O procedimento pode ser feito online, pelo sistema RLE da Junta Comercial

Conclusão

Essas são as principais exigências e os procedimentos essenciais para abrir uma empresa em Brasília. 

A cidade é promissora, oferece ótima infraestrutura e possui um mercado consumidor pujante, tudo que um empreendedor precisa para dar início ao seu negócio em um local que promete entregar resultados.

É claro que o sucesso da sua empresa depende muito de você, porém, apostar em Brasília é uma ótima ideia. 

Por fim, não se esqueça que boa parte desses procedimentos burocráticos são simplificados ao contar com assessoria contábil digital. Portanto, conheça mais sobre as soluções que a Facilite oferece para o gerenciamento tributário da sua empresa!

Comentários