Como pagar o DAS atrasado e ficar sem problemas tributários

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

O DAS atrasado pode gerar muitas complicações futuras, e por isso, é fundamental que você saiba como emitir um novo boleto da guia única do simples nacional.

Caso você tenha perdido a data de vencimento da quitação dos tributos para quem adere ao simples nacional, saiba que sempre há tempo para se reorganizar.

Pensando nisso, a Facilite preparou este conteúdo com todas as informações necessárias para que você consiga recalcular o DAS atrasado e possa resolver as suas pendências do simples nacional.

Inscreva-se no canal para mais conteúdos sobre Contabilidade e Empreendedorismo!

Importância de manter os impostos em dia

Quando você, empresário ou gestor, mantém os impostos em dia, a empresa passa a ter uma série de vantagens.

Entre todos os benefícios, o que mais chama atenção é fator da economia. Caso você opte por deixar de pagar determinado valor, saiba que o gasto será inevitável e, pior, as multas e os juros podem tornar o gasto ainda maior.

Porém, há ainda outros benefícios, como:

Mais economia

Como acabamos de explicar, fazer os pagamentos dos impostos em dia evita juros e multas.

Permite disputar licitações

Se você, por acaso, oferecer determinado serviço e queira abrir uma licitação chamativa, será possível participar da seleção entre outros candidatos.

Facilidade ao crédito

Manter suas faturas em dia, fazendo com que a reputação monetária da empresa sempre seja positiva, faz com que a credibilidade sua empresa facilite o acesso às diferentes formas de créditos.

Padronização de pagamentos

Com a rotina entre os prazos de pagamento, você passa a ter mais controle sob as finanças da empresa.

Maior credibilidade do negócio

Os pagamentos em dia mostram que a sua empresa sabe que apenas tendo seus próprios compromissos respeitados, se pode alcançar novos patamares.

Fora isso, vale mencionar que a sua empresa não corre nenhum risco de sofrer retaliações por conta do não pagamentos dos impostos.

O que é DAS?

O DAS, é o Documento de Arrecadação do Simples Nacional e funciona como uma guia unificada para pagamento de tributações. 

Sendo assim, não é necessário vários boletos para pagar diferentes impostos, basta apenas calcular, unificar os valores e quitar as suas pendências.

Exclusivo do simples nacional, o DAS totaliza mais de 15 milhões de empresas optantes por esta guia de tributação, segundo o site da Receita Federal.

Em especial, muitos aderem ao simples nacional por serem MEIs e seu pagamento é ainda mais facilitado. Ao contrário dos outros tipos de empresas, como EI (Empresário Individual), ME (Micro Empresa) e EPP (Empresa de Pequeno Porte), o valor da tributação do MEI é fixa no valor de R$ 52,25 sempre no dia 20 de cada mês.

Além disso, nós já falamos por aqui em outras oportunidades, quais são os tipos de empresas que existem e suas respectivas vantagens. Se quiser se aprofundar no tema, basta conferir nosso artigo sobre como abrir um negócio, que certamente pode te ajudar a esclarecer eventuais dúvidas.

 

Para que serve o DAS?

O DAS serve para descomplicar a emissão de boletos e tornar a vida dos empreendedores mais fácil.

A emissão das guias de pagamento é dada através do meio digital e os cálculos dos períodos de apuração são feitos pela própria plataforma.

Com isso, os valores a serem pagos a cada mês podem ser feitos de uma forma mais ágil e otimizada. Para empresas que contam com as soluções da Facilite, tudo fica ainda mais fácil e seguro de erros.

 

Como recalcular o DAS atrasado do simples nacional?

Para recalcular o DAS atrasado do simples nacional, você precisa seguir alguns passos simples e sem necessidade de ir até alguma instituição pública.

Os passos para recalcular o DAS atrasado são:

  1. Vá até o site do simples nacional e em seguida clique na opção PGDAS-D e DEFIS, no canto médio direito.
  2. Faça o login e prossiga para o próximo passo, mas caso seja o primeiro acesso, você precisa clicar neste link, inserir dados pessoais, como CNPJ da empresa, CPF e os caracteres de segurança, receber o certificado de segurança e então realizar o seu login.
  3. Na sequência, vá até a opção Emitir DAS Simples Nacional / 2ª Via Boleto Atualizado e receba a guia com os valores a serem pagos.
  4. Nessa etapa você tem duas opções de emissão de boleto: a partir do código de acesso ou do certificado digital. Caso você não tenha o seu certificado digital, é preciso refazer o passo 2, reinserindo os dados de CNPJ, CPF e caracteres de segurança.
  5. Por fim, o valor do DAS atrasado é recalculado automaticamente a partir dos acréscimos de juros e da multa por atraso, restando agora o pagamento no caixa eletrônico, agências bancárias ou internet banking.

O que fazer após o pagamento?

Após o pagamento dos valores devidos, a sua empresa tem até 30 dias para reaver os benefícios do simples nacional.

Além disso, vale ressaltar que caso o valor a ser pago seja muito alto, você pode optar por ir à Receita Federal e buscar uma forma de parcelamento que caiba no bolso da empresa.

Porém, por conta da pandemia da Covid-19, os atendimentos presenciais não estão sendo feitos e por isso você precisa enviar um email antes de quitar o DAS atrasado.

Agora que você tirou suas dúvidas sobre o DAS atrasado, que tal entender melhor o que é o simples nacional? Nós preparamos um artigo completo para você conhecer a tributação simples nacional.

Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.

    tipos de notas fiscais

    Tipos de notas fiscais do Brasil

    Toda empresa,que preste serviços ou realize venda de mercadorias, deve emitir nota fiscal desses serviços ou produtos vendidos. E para emitir essa comprovação, existem vários