E-residency Estônia: Entenda o que é e como tirar o seu documento!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

E-residency Estônia: Entenda o que é e como tirar o seu documento!

 

O e-residency Estônia é um facilitador que está se tornando cada vez mais procurado por empreendedores com o intuito de abrir um negócio internacional.

Considerado uma opção atrativa para quem deseja administrar uma empresa online com sede fiscal na Europa, esse investimento permite fazer transações de qualquer lugar do mundo sem a necessidade de câmbio de moedas.

Além disso, também traz facilidades de operação, mesmo no Brasil, e mais confiabilidade para a abertura do negócio fora do País.

No entanto, muitas pessoas ainda não conhecem esse formato, e podem ter dúvidas sobre como o empreendimento funciona.

Nesse caso, vale a pena conhecer mais sobre o e-residency Estônia e entender os principais passos para assim poder tirar o seu documento.

 

O que é o E-residency Estônia?

O E-residency Estônia é uma identidade digital emitida pelo governo para empreendedores interessados em abrir um negócio online no espaço da União Europeia (UE) de forma totalmente confiável.

Com a possibilidade de fazer movimentações em euro e transações com empresas da Europa, nesse investimento o empresário não tem a necessidade de fazer câmbio de moedas.

Ainda, se destacam alguns benefícios, como os impostos baixos e a vantagem de fazer toda a administração online de qualquer lugar do mundo. 

 

Para que serve o E-residency Estônia?

O e-Residency serve para abrir uma empresa com sede eletrônica na Estônia, onde é possível fazer operações em euro por meio do Transferwise e Paypal.

Além disso, a identidade digital permite uma série de operações, como:

  • assinar e enviar documentos;
  • criptografar informações;
  • emitir e realizar transações financeiras com uma assinatura digital.

Ainda, facilita a interação com o mercado da União Europeia sem precisar ir à Estônia.

No entanto, vale ressaltar que o documento não concede residência, cidadania ou direito de livre circulação na UE, e, por isso, não funciona como um visto.

Inscreva-se no canal para mais conteúdos sobre Contabilidade e Empreendedorismo!

Como ser um E-residency Estônia?

Desde 2014, qualquer pessoa pode fazer a solicitação do E-residency Estônia online, pagando uma taxa de $100 euros.

Para isso, existe a opção de fazer o processo por meio de uma empresa especializada, como, por exemplo, a Facilite, ou por conta própria no site do governo estoniano.

Conheça os principais passos para fazer o requerimento:

1. Reúna documentos

A fim de solicitar a sua identificação digital, o primeiro passo é reunir a documentação necessária, que inclui:

  • Documento de identificação oficial emitido pelo governo (CNH, RG ou passaporte);
  • Foto digital 3×4;
  • Justificativa de solicitação;
  • Cartão de crédito Visa ou Mastercard.

Organizando tudo de forma adequada, você poderá enviar a solicitação e dar o primeiro passo para abrir a sua empresa.

2. Envie uma solicitação 

Uma vez reunidos todos os documentos, a solicitação do E-residency poderá ser feita mediante o preenchimento de um formulário.

Ao fornecer os dados pessoais obrigatórios, além das informações facultativas, é preciso fazer o upload dos documentos.

Em seguida, basta efetuar o pagamento de uma taxa de $120 euros e aguardar a análise do pedido pelo Conselho da Guarda de Fronteiras e Polícia da Estônia. Geralmente, o prazo de decisão é de 6 a 8 semanas.

3. Retire o Kit e-residency 

Uma vez que a identificação digital foi aprovada, informando por meio de notificação por e-mail, basta se dirigir aos locais disponíveis de retirada e recolher o kit com certificado digital e leitor USB.

Ao completar todos os passos, agora é só efetuar o pagamento de uma taxa de $265 euros e registrar a sua empresa na Estônia.

 

Benefícios do E-residency Estônia

Atualmente, a Estônia é o país com maior número de startups per capita de toda a Europa, e cada vez mais tem se destacado no mercado econômico devido ao incentivo aos empreendedores tecnológicos.

Perto de se tornar a primeira nação sem fronteiras digitais, ela se tornou uma grande potência por conta de anos de investimentos em desenvolvimento tecnológico e segurança.

Por esse motivo, ao fazer a emissão do E-residency Estônia, além de segurança, você pode contar com benefícios como:

  • Ter acesso os serviços públicos e privados da região;
  • Estabelecer e gerenciar sua empresa a partir de qualquer parte do mundo;
  • Declarar impostos corporativos;
  • Participar de uma política de impostos transparente.

Assim, a Estônia é um lugar ideal para quem deseja abrir um negócio online seguro e confiável.  

 

O que é necessário para abrir uma empresa na Estônia?

Para abrir uma empresa na Estônia existem duas maneiras, sendo elas:

  • Por conta própria: ao escolher esse formato, todos os dados preenchidos e passo a passo são de sua responsabilidade. Neste caso, você vai precisar acessar o site do governo estoniano, ler todos os requisitos e preencher as informações com atenção.  
  • Por meio de uma empresa: ao optar pela assessoria de empresa, todo o processo poderá ser mais fácil, porque eles vão te ajudar com a parte burocrática, desde a separação dos documentos, ao preenchimento correto de formulários.

Assim, para ter mais facilidade durante o processo de abertura da sua empresa, vale a pena contar com uma assessoria. Confira as etapas para fazer isso:

 

1. Escolha uma empresa especializada

Ao escolher abrir um negócio na Estônia com o apoio de uma empresa especializada, você poderá contar com mais facilidades, visto que eles vão intermediar todas as etapas para a emissão do E-residency.

Nesse sentido, você pode optar pela Facilite, uma companhia conceituada no mercado, que conta com uma equipe qualificada para auxiliar com todas as documentações e solicitações. 

Além disso, você também poderá contar com uma assessoria para saber como organizar melhor as suas finanças.

2. Mantenha as finanças pessoais e jurídicas separadas

Para facilitar o seu dia a dia como pessoa física e jurídica, o ideal é abrir contas bancárias separadas, visto que essa é a melhor maneira de controlar as entradas e saídas financeiras.

Além disso, com uma conta jurídica, você vai evitar utilizar o caixa da empresa para pagar contas pessoais, e reduzir o risco de ter problemas relacionados a imposto de renda, multas, tributos, entre outros.

 

O E-residency Estônia vale a pena?

O E-residency Estônia vale a pena para empreendedores que desejam ir além do mercado nacional e investir em um negócio rentável e seguro.

Com vantagens que incluem a possibilidade de administrar uma empresa de qualquer lugar do mundo, taxas menores e de forma 100% online, você ainda pode contar com uma política de impostos transparente.

Ideal para quem busca uma oportunidade para se tornar uma pessoa jurídica internacional, ou para quem deseja expandir os seus negócios, esse programa oferece a oportunidade de abrir uma empresa com mais confiabilidade.

Assim, pode ser interessante considerar a possibilidade de tirar o documento E-residency Estônia e apostar em um investimento na União Europeia.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre como iniciar esse processo, veja mais informações no Blog da Facilite e tire todas as suas dúvidas com uma equipe especializada! 

Ficou com dúvidas, ou precisa de assessoria contábil para sua empresa? Fale com um de nossos especialistas!

 

 

Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.

    Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.