Nova alternativa para receber pagamentos, o Pix para empresas pode ser muito vantajoso para o seu negócio.

O método de pagamento instantâneo começou a funcionar no dia 16 de novembro de 2020, e já no primeiro dia registrou mais de 1 milhão de transações.

Com o Pix, as transferências são processadas em até 10 segundos. Além disso, pessoas físicas não pagam taxas para utilizar a transação.

Já as empresas poderão ter que pagar taxas para usar o Pix. Apesar disso, esse método possui diversos benefícios para pessoas jurídicas.

Agora, se você quer saber como usar o Pix para empresas, continue lendo esse material que a Facilite preparou para você.

Inscreva-se no canal para mais conteúdos sobre Contabilidade e Empreendedorismo!

O que é o Pix?

O Pix é um meio de pagamento instantâneo criado pelo Banco Central e oferecido pelos bancos e instituições financeiras aos seus clientes.

Com ele, pessoas e empresas poderão realizar e receber transferências de valores pelo celular qualquer dia da semana e em até 10 segundos. 

Portanto, não é mais preciso esperar o primeiro dia útil para o dinheiro cair na conta.

Apesar de ser uma opção ao TED e DOC, o Pix  é gratuito para pessoas físicas, inclusive para os Microempreendedores Individuais (MEIs). 

Como se cadastrar no Pix? 

Como o Pix é uma opção de transferência, ele está disponível para todas as pessoas e empresas que têm contas bancárias (corrente, poupança, de pagamento).

Para usá-lo é preciso criar uma chave, um endereço da transferência, nos canais eletrônicos do banco.

As empresas poderão usar o CNPJ, e-mail, número de celular ou ainda um endereço aleatório (composto por números, letras e símbolos) .

Além disso, é possível ter várias chaves e em diferentes instituições bancárias. 

Qual a importância do Pix para empresas?

O Pix para empresas representa mais uma forma de ampliar as vendas, aumentar o fluxo de caixa, satisfazer os clientes e ainda se destacar no mercado.

Com um celular e um aplicativo bancário, você consegue enviar pagamentos ou receber facilmente. 

No entanto, o dinheiro não cai na hora e pode levar até 3 dias para ser compensado.

Além disso, o cliente pode ter que pagar taxas para fazer um TED ou um DOC, caso tenha conta em banco diferente.

 

O que você precisa saber sobre o PIX para empresas?

Esse novo pagamento instantâneo promete ser ainda mais vantajoso para as empresas.

Afinal, ele consiste em uma forma de pagamento rápida, sem custos e segura, principalmente para o cliente.

Você ainda pode usar o Pix para pagar fornecedores, os salários dos empregados e até tributos federais.

Redução dos custos de pagamento

Ao optar por usar o Pix para empresas, os custos com o recebimento são reduzidos.

Primeiro porque não há intermediários (bancos) envolvidos no processo. Logo a empresa não precisa pagar para emitir boletos e o cliente não arca com os custos do TED ou do Doc, por exemplo.

Segundo, porque não será necessário comprar máquina de cartão ou ainda pagar a taxa de administração.

Ainda assim, as instituições bancárias poderão cobrar tarifas de pessoas jurídicas para receber ou fazer pagamentos e transferências.

Rapidez na hora de receber

A outra vantagem de usar o Pix para empresas está relacionada à rapidez. 

Os pagamentos caem direto na conta da empresa, independente se é final de semana, feriado ou de madrugada. Portanto, pode ser considerado um pagamento à vista.

Além disso, o processamento em até 10 segundos ainda reduz as filas dos caixas.

Segurança

De acordo com o Banco Central, o Pix conta com diversos mecanismos de segurança, entre eles a autenticação e a criptografia.

Para cadastrar uma chave Pix, as pessoas e empresas precisam autenticar a identidade por senha, token, reconhecimento biométrico ou outro método adotado pela instituição bancária.

A rede do Sistema Financeiro Nacional, operada pelo BC, ainda criptografa os dados das transações.

Além disso, o Pix conta ainda com “motores antifraude” para identificar e bloquear transações suspeitas ou fraudulentas.

3 dicas de como usar o Pix para empresas

Para usar o Pix para empresas e deixar o processo de venda ainda mais prático e transparente, você pode escolher entre:

  • Chaves;
  • QR Codes;
  • NFC.

Chaves

Ao cadastrar sua chave Pix, todos os dados bancários do seu negócio ficam vinculados a ela.

Dessa maneira, se você cadastrou a chave com o CNPJ da empresa, só precisa passar ele ao cliente e não mais os seus dados bancários.

QR Codes

Essa é uma das formas mais práticas de usar o Pix, pois seus clientes poderão fazer os pagamentos apenas lendo o código pelo celular.

O QR code pode ser de dois tipos:

  • Estático: o código pode ser lido várias vezes. É ideal para serviços ou produtos que têm o mesmo valor (troca de óleo, manicure, por exemplo).
  • Dinâmico: código exclusivo para cada cliente, pois conta com informações de valor, vencimento e outros.

NFC

O Near Field Communication consiste em uma tecnologia que permite transações por aproximação.

Assim, ao integrar o Pix à esse pagamento, o cliente só precisa aproximar o aparelho.

 

Vale a pena implementar o Pix para empresas?

Sim, vale a pena implementar o Pix para empresas.

Esse método, além de instantâneo e seguro, tem a vantagem de ser independente de conta bancária.

Portanto, sua empresa recebe pagamentos de qualquer instituição bancária e a qualquer hora do dia.

Na prática, isso representa fluxo de caixa e autonomia para o seu negócio.

Comentários