Razão Social de uma Empresa – o que é ?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

O que é Razão Social, para que serve e como definir para uma  Empresa

 Você sabe o que é a Razão Social de uma empresa? Muitas vezes confundem razão social com nome fantasia, no entanto, ambos possuem funções bem diferentes.

Leia nosso artigo para que entenda bem esses conceitos.

 

O que é Razão Social de uma empresa?

Muitos empreendedores ficam confusos no momento de escolher o nome de sua empresa e chegam a pensar que nome fantasia e razão social significam a mesma coisa. Então, vamos esclarecer.

A Razão Social de uma empresa é o nome jurídico que aparece  nos contratos e documentos oficiais do negócio. É a sua denominação social oficial, sua identidade jurídica.  É muito importante ter atenção ao escolher o nome da empresa, considerando que são nomes únicos, ou seja, duas empresas não podem ter o mesmo nome.

O que é o nome fantasia?

Já o nome fantasia é aquele nome comercial, com o qual seu negócio será divulgado e conhecido.  Como analogia, para ilustrar bem, é a mesma diferença comum para atores, que usam muitas vezes um nome artístico diferente do nome de batismo.

Você já observou que, em geral, quando fazemos um pagamento no cartão de crédito o nome que aparece na fatura do cartão é um diferente do nome da loja onde entramos e fizemos a compra? Isso ocorre porque em todas as transações oficiais a identificação tem que ser pela Razão Social.

O nome fantasia pode ser igual ou  não à Razão Social, no entanto, o segundo vem seguido de uma extensão que o identifica. Como, por exemplo, quando damos nosso nome completo ou apenas o primeiro nome.

 

Quais os tipos?

A Razão Social segue algumas regras, que estão relacionadas com o tipo de atividade que a empresa exercerá. Veja a seguir:

  • MEI: abreviação de “microempreendedor individual”, ou seja, pessoas que pediram registro de CNPJ nesse enquadramento e com faturamento anual que fica abaixo de R$ 60 mil.
  • ME: “microempresa”, para aqueles negócios que escolheram o Simples e com faturamento menor que R$ 120 mil no ano fiscal;
  • EPP: “Empresa de Pequeno Porte”, usado pelas empresas limitadas que optaram pelo Simples, com faturamento entre R$ 120 mil e R$ 1,2 milhão por ano fiscal;
  • LTDA: abreviação de “limitada”, ou seja, uma empresa que tem um número de sócios limitados;
  • S/A:termo para “sociedade anônima”, que identifica uma companhia de capital aberto, negociada na bolsa de valores e que, portanto, têm diversos acionistas;

Como escolher a Razão Social de uma Empresa?

Essa etapa não deve ser subestimada. É importante estar atento para alguns aspectos na hora de escolher a Razão Social, visto que trata-se da identidade de sua empresa.

Para começar, pesquise o mercado, a concorrência e veja o que tem sido usado, inclusive  nas redes sociais e nos domínios de internet, lembrando que o nome deve ser único.  A seguir, vamos listar alguns pontos importantes:

. Busque um nome  que tenha relação com a atividade da empresa, assim a divulgação já acontece de forma orgânica.   Pode, por exemplo, constar um termo ligado à área de atuação, como comércio, marketing ou internet;

. Evite nomes muito longos ou de difícil leitura, ao contrário, busque a simplicidade. Pode ser até mesmo somente as iniciais do dono ou dos donos do negócio.

. É interessante quando a Razão Social pode dar origem ao nome fantasia, ou seja, quando o nome fantasia pode ser uma redução da Razão Social, de forma  exclusiva e única.

. Deve obrigatoriamente trazer o tipo de constituição legal, como MEI (microempreendedor individual), ME (microempresa), EPP (empresa de pequeno porte) ou LTDA (sociedade limitada).

 

Como registrar sua Razão Social

Depois de escolhido o nome do seu negócio o passo seguinte é buscar a Junta Comercial da sua cidade para iniciar o processo de abertura da sua empresa. Esse processo inicia com a pesquisa de nomes, para que não haja duplicidade.

Caso seu registro seja como Microempreendedor Individual o processo é diferente e bem simples. Através do Portal do MEI o empreendedor pode fazer tudo de forma rápida, simples e gratuita.

A Junta Comercial iniciará todo o processo e irá informando os próximos passos até você estar com seu CNPJ e Inscrição Estadual em mãos.

Contudo, a forma mais segura e rápida para registrar sua razão social é contar com a experiência de uma assessoria contábil. A Facilite pode lhe atender, com profissionais capacitados, em todas as suas necessidades empresariais.

Ficou alguma dúvida? Entre e contato conosco.

 

Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.

    rotinas básicas

    Rotinas básicas da contabilidade

    Com as grandes demandas dos escritórios de contabilidade, e uma quantidade enorme de processos e obrigações que devem ser entregues, é importante ter uma maior