Cartão CNPJ MEI – Tudo o que você precisa saber

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

O cartão CNPJ MEI é essencial para que sua empresa funcione de maneira regular. Se você é microempreendedor e está abrindo um negócio, deve ficar atento a esse documento.

Optar pela categoria MEI, disponibiliza uma série de facilidades para o profissional. Sendo assim, a emissão deste cartão se torna algo bastante acessível para o negócio e para você como empreendedor. 

Além de legalizar as atividades da sua empresa, ele também oferece uma série de vantagens, e reúne todas as principais informações do seu cadastro em um só lugar.

A Facilite trouxe um conteúdo especial para você conhecer tudo sobre o Cartão CNPJ MEI, qual sua importância e como fazer a emissão de documentos mais simples sem a necessidade de se deslocar a ambientes físicos.

O que é cartão CNPJ MEI?

O cartão CNPJ MEI reúne todas as informações disponibilizadas com o cadastro da sua empresa.

Pode-se dizer que este documento é o equivalente do CPF da sua pessoa jurídica.

Nele constam dados como:

  • Número do CNPJ, fornecido na abertura da MEI;
  • A data de abertura;
  • Razão social;
  • Nome fantasia;
  • Descrição da natureza jurídica e das atividades da MEI;
  • Informações de contato, como e-mail e telefone;
  • Situação cadastral;
  • Valor do capital social investido.

O certificado MEI, emitido após a confirmação do cadastro, disponibiliza todas essas informações. 

Importância do cartão CNPJ MEI

Este é um dos documentos que atestam a existência da sua empresa e com ele, você pode comprovar a regularidade do seu negócio sem precisar apresentar o certificado MEI.

Dessa forma, também se torna útil em inspeções, fiscalizações ou mesmo durante transações comerciais.

Como pessoa jurídica, é importante que você tenha vários documentos da sua empresa, para garantir a sua segurança cadastral.

Além disso, certificados e alvarás podem ser substituídos pelo cartão CNPJ MEI, acessado diretamente no celular.

 

Quando se exige o cartão CNPJ MEI?

Em suma, toda situação que exija comprovação da regularidade da empresa pode ter o cartão CNPJ MEI como alternativa.

Não apenas para provar a existência do negócio, mas também para apresentar as informações referentes à sua pessoa jurídica.

Algumas das situações que exigem o cartão CNPJ MEI, são:

  • Cadastro da empresa em órgãos públicos;
  • Solicitação de empréstimos em nome da pessoa jurídica;
  • Participação em licitações públicas;
  • Abertura de conta corrente de pessoa jurídica;
  • Cadastro com fornecedores;
  • Parcelamentos realizados em nome da empresa.

Dessa forma, o documento representa uma garantia a mais da legalidade e situação ativa da sua empresa.

Além disso, o cartão também pode ser utilizado para emissão de notas fiscais, uma das grandes vantagens da categoria MEI. Inclusive facilita o procedimento.

 

Como emitir o cartão?

O processo de emissão do cartão CNPJ MEI é simples, e pode ser feito diretamente pela internet.

Basta acessar o site da Receita Federal e consultar seu CNPJ.

As etapas são intuitivas, e contam apenas com uma confirmação para acessar a página, conforme imagem.

consulta cartao cnpj mei

Ao clicar em consultar, o site já emite o cartão de forma automática.

Em seguida, é possível salvar o documento, e até mesmo imprimi-lo, para ficar mais fácil de conferir as informações no futuro.

Não é preciso estar com a situação cadastral totalmente ativa e os microempreendedores que estejam realizando parcelamento MEI com o DAS, ou com parcelas em atraso, também podem emitir seu cartão.

O processo é gratuito e concluído em questão de minutos.

Versão digital

Há pouco tempo, o empreendedor também passou a conseguir emitir o cartão CNPJ MEI pelo celular.

Para conseguir realizar esse processo, basta fazer o download do aplicativo MEI Fácil no seu dispositivo móvel.

Depois, com a confirmação dos dados, basta inserir o CNPJ ativo, que o certificado será gerado.

Assim, o cartão também fica disponível no celular, e facilita, inclusive, a emissão de notas fiscais eletrônicas.

Os mesmos dados são gerados tanto pelo processo no site da Receita Federal, quanto pelo aplicativo. São igualmente válidos. 

Não é preciso pagar nenhum valor adicional na versão digital do cartão.

 

Vale a pena emitir o cartão CNPJ MEI?

Certamente esse documento representa uma facilidade para o empreendedor.

Quando o profissional se cadastrar como MEI, ele já vai receber todas as informações da empresa no certificado digital.

Contudo, não é muito prático consultar os dados na certificação, ou ter que entrar na Receita Federal para essa conferência.

Com o cartão CNPJ MEI, as informações se mantém válidas, mais práticas e acessíveis, diretamente pelo celular.

Além disso, diferentes situações que exigem comprovação da regularidade da empresa podem exigir validação. 

Dessa forma, é conveniente ter o documento em mãos, como uma garantia para o negócio.

Na Facilite, você também conta com um time de especialistas que podem te ajudar a assegurar seu empreendimento, além de te orientar em todas as suas dúvidas. Entre em contato conosco e faça uma consulta.

Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.

    rotinas básicas

    Rotinas básicas da contabilidade

    Com as grandes demandas dos escritórios de contabilidade, e uma quantidade enorme de processos e obrigações que devem ser entregues, é importante ter uma maior