Contabilidade de custos:o que é e qual a importância para a sua empresa

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

O que é a contabilidade de custos e qual sua importância para o mercado?

 

Realizar a contabilidade de custos no seu negócio é essencial para ter um controle completo das finanças, além de uma base mais concreta para tomar decisões.

Afinal, essa modalidade permite conhecer informações importantes sobre a empresa, monitorando suas despesas e projetando cenários mais sólidos para o futuro.

No entanto, para implementar esse conceito, na prática, é fundamental entender como ele funciona e qual a sua importância efetiva para o negócio.

Pensando nisso, preparamos um conteúdo especial sobre o assunto, com tudo que você precisa saber sobre a contabilidade de custos antes de adotá-la e otimizar o seu controle financeiro.

 

O que é a contabilidade de custos?

A contabilidade de custos é um segmento da contabilidade geral de um negócio voltada para a administração dos gastos, e visa acompanhar as despesas e realizar estimativas. Seu objetivo é auxiliar o gestor a entender os valores envolvidos na produção e oferta de serviços ou mercadorias.

Além disso, esse monitoramento também auxilia na identificação de outros elementos financeiros, como o capital de giro do seu comércio.

 

Qual a finalidade da contabilidade de custos?

A contabilidade de custos tem como finalidade auxiliar um administrador na gestão das despesas da sua empresa.

Com base na sua implementação, é possível realizar uma série de atividades, como:

  • Estimar custos para determinado período;
  • Controlar a relação de produção por meio do cálculo do custo médio;
  • Permitir maior domínio sobre as despesas de produção;
  • Identificar e racionalizar os custos;
  • Auxiliar na definição de venda de uma mercadoria.

Em resumo, é uma ferramenta essencial para realizar o controle financeiro no seu negócio.

 

Qual a importância da contabilidade de custos para uma empresa?

A contabilidade de custos é importante para que a empresa possa acompanhar a evolução das suas despesas com produtos e prestação de serviços.

Com isso, se torna mais simples estabelecer metas e realizar planejamentos estratégicos para diminuir os gastos, otimizando as finanças.

Ainda, a gestão financeira é uma ferramenta indispensável para que o gestor alcance mais lucros, pois auxilia na correta definição dos preços de vendas e no controle de pagamentos.

 

Quais os tipos de custos que entram nesse modelo de contabilidade?

A contabilidade de custos é classificada em categorias distintas, cujo objetivo é facilitar o entendimento do que é gasto na produção.

O custo é todo gasto necessário realizado para a produção de um bem ou prestação de serviço. Veja a seguir as definições e as diferenças entre cada um dos seus tipos:  

1. Direto

O custo direto está diretamente ligado ao produto ou serviço prestado pela empresa.

Assim, eles podem ser facilmente identificados e mensurados, como matérias-primas, mão de obra e embalagens utilizadas.

Por exemplo, em uma produção de sapatos, a matéria-prima utilizada e a caixa disponibilizada para venda são consideradas custos diretos, pois influenciam na mercadoria final.

2. Indireto

Enquanto isso, os custos indiretos têm uma relação menos direta com o produto ou prestação de serviços, como o nome indica

Alguns exemplos incluem despesas como o valor de aluguel de espaços, campanhas de marketing e o pagamento de equipe que teve participação de alguma etapa no processo de produção.

É possível continuar a produção sem esses elementos, mas eles ajudam a otimizar o serviço e os resultados.

3. Variáveis

Ligado à produção de mercadorias ou prestação de serviço, os custos variáveis são aqueles que variam segundo o volume de produção.

Por exemplo, matérias-primas que aumentam ou diminuem conforme a quantidade da produção de um determinado produto ou as horas extras dos funcionários.

Nesse caso, os custos diretos podem ser variáveis, estando em mais de uma categoria.

4. Fixos

Diferente dos custos variáveis, os gastos fixos não se alteram com a variação do volume de produção.

Alguns exemplos são o valor do aluguel ou o salário dos funcionários. Independentemente do número de mercadorias produzidas, eles permanecem os mesmos.

 

Como a contabilidade de custos pode ajudar uma empresa?

A contabilidade de custos proporciona uma série de benefícios para o planejamento financeiro de uma empresa, uma vez que pode ajudar os gestores no controle financeiro e na tomada de decisões.

Veja a seguir algumas das principais vantagens de realizar o monitoramento dos custos de um negócio: 

1. Apuração de custos de produção

A apuração de custos de produção possibilita um administrador entender se um produto vale a pena ou não ser produzido, ou adquirido para revenda na sua empresa.

Além disso, também permite entender onde é possível otimizar as etapas e reduzir as despesas, para que aquela operação se torne mais vantajosa financeiramente.

2. Controle de custos

Controlar os custos ajuda a verificar, monitorar e analisar todos os gastos fixos e variáveis de uma empresa.

Por meio dessa categoria, torna-se possível ter um controle mais eficiente, garantindo uma boa saúde financeira para um comércio.

3. Organizar exigências fiscais

Ao investir em processos internos como a contabilidade de custos, é possível organizar as exigências fiscais de uma empresa.

Isso porque essa ferramenta possibilita armazenar todos os documentos de movimentações.

Assim, por meio desse monitoramento, é possível criar relatórios, arquivar registros e comprovantes importantes com mais facilidade.

4. Entender os tipos de variações patrimoniais do negócio

Entender a variação patrimonial permite conhecer a empresa de maneira mais completa.

Esse conceito se classifica em duas modalidades, quantitativas e qualitativas. Segundo definições da Secretaria da Fazenda, entende-se como:

  • Variações quantitativas: aquelas decorrentes de transações no setor público que aumentam ou diminuem o patrimônio líquido.
  • Variações qualitativas: são oriundas de fatos administrativos que alteram a composição dos elementos patrimoniais sem afetar o patrimônio líquido.

Controlar essas variações por meio de uma contabilidade eficiente permite que um gestor possa identificar o aumento ou decréscimo no patrimônio.

5. Acompanha a eficácia da operação da empresa

Com a contabilidade de custos, é possível acompanhar a eficácia da operação de uma empresa e otimizar os seus resultados e atividades.

Isso ocorre porque essa prática mede o grau de sucesso dos resultados nas vendas ou serviços.

Assim, aumenta o foco na realização e não nos recursos gastos para alcançar um resultado. 

Ainda, com o controle financeiro, um gestor pode saber outros indicadores importantes, como o nível de satisfação dos clientes conforme a eficácia da produção.

 

Quando fazer uma contabilidade de custos? 

Se você deseja acompanhar a evolução do seu negócio e diminuir os gastos e riscos financeiros, realizar uma contabilidade de custos é fundamental.

Essa prática permite administrar um comércio de forma mais completa e gerar mais saúde financeira.

Além disso, realizar um controle financeiro garante uma melhor tomada de decisões e contribui para o aumento do crescimento da empresa.

Assim, essa é uma ferramenta essencial para qualquer empresa, e vale a pena investir na contabilidade de custos para o seu empreendimento.

Se você ainda tem alguma dúvida sobre o mercado empresarial e como controlar as suas finanças, confira mais matérias no Blog da Facilite e conheça mais dicas de negócios!

 

Ficou com dúvidas, ou precisa de assessoria contábil para sua empresa? Fale com um de nossos especialistas!

Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.

    Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.