Reajuste na contribuição mensal do MEI

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram
Share on whatsapp

Reajuste na contribuição mensal do MEI

No início de 2022, o valor do salário mínimo aumentou e essa decisão impactou diretamente no valor da contribuição mensal do MEI, que por consequência, também teve reajuste.

A arrecadação do Simples Nacional é obrigatória para todo Microempreendedor Individual (MEI), manter regularizado o negócio junto a Receita Federal.

O pagamento desse imposto garante benefícios de previdência como: auxílio-doença, salário maternidade, pensão em caso de morte, auxílio-reclusão para familiares e aposentadoria.

Dessa forma, o governo utiliza o Documento de Arrecadação Simplificada, ou DAS MEI, para recolhimento dos tributos.

Quem precisa pagar o DAS?

Existe a obrigatoriedade de pagamento do DAS, para todo MEI que possua registro e precise cumprir suas obrigações fiscais.

Este cálculo é realizado com base no valor de 5% do salário mínimo, somado a uma taxa relacionada à área de atuação da empresa.

Então, com base nas áreas de atuação temos as seguintes taxas:

  • R$1,00 para ICMS de empresas na área do Comércio e Indústria;
  • R$5,00 para ISS de empresas na área de Serviços; 
  • R$6,00 para ICMS e ISS de empresas na área de Comércio e Serviços.

Para garantir que o CNPJ permaneça ativo, o imposto deve ser pago até todo dia 20 e possui um valor fixo, somente reajustado quando o salário mínimo é alterado.

 

Novos valores segundo o Reajuste na contribuição mensal do MEI

Com o novo salário mínimo em R$1.212,00, veja como ficaram os valores atualizados do imposto e que entram em vigor em Fevereiro:

  • Os valores para empresas da área de Comércio e Indústria são: R$60,60 somado a taxa de R$1,00 de ICMS, totalizando R$61,60.
  • Já para atividades de Serviços, que tem imposto de ISS o valor é: R$60,60, mais a taxa de R$5,00 com valor final de R$65,60.
  • E finalmente, para empresas que atuam com Comércio e Serviços, que pagam tanto ICMS como ISS, o valor padrão de R$60,60 é somado a R$6,00 dos impostos, com valor final em R$66,60.

 

Como pagar o DAS?

Para o pagamento da guia, existem três opções disponíveis. Sendo elas:

Para o débito automático, o empreendedor tem o valor debitado de sua conta, e é responsável por conferir se o pagamento ocorreu realmente.

Se a opção escolhida for pagamento online, a guia deve ser emitida todo mês através do Portal, e o mesmo será direcionado ao internet banking onde tem conta corrente. 

No caso de boleto, o pagamento será feito em casas lotéricas, bancos parceiros ou agência dos Correios, com a guia emitida mensalmente.

E se houver atraso no pagamento da contribuição mensal do MEI?

O portal do MEI oferece a opção de atualizar o boleto, com o valor fixo somado a juros de 0,33% ao dia, e máximo de 20%, calculados com base na taxa SELIC. E também, a opção de parcelamento MEI através do mesmo Portal.

Após o período de 12 meses da falta de pagamentos, o cadastro é suspenso por 30 dias, e pode ser cancelado se não for regularizado nesse prazo.

Ficou com dúvidas? Entre em contato conosco, e lembre! Precisando de assessoria contábil, é com a Facilite.

Quer abrir uma empresa ou Trocar de contador? Deixe seu contato, te mostraremos o melhor em tecnologia contábil.

    tipos de notas fiscais

    Tipos de notas fiscais do Brasil

    Toda empresa,que preste serviços ou realize venda de mercadorias, deve emitir nota fiscal desses serviços ou produtos vendidos. E para emitir essa comprovação, existem vários